Vivências e convivências

Vivências e convivências

terça-feira, 8 de junho de 2021

#ComportamentoCorporativo: Protocolo do ambiente de trabalho

 

                Qual é a finalidade do protocolo do ambiente de trabalho?

            “[...] “nos protege de colidir com os outros, de magoar os sentimentos dos colegas ou de prejudicar a reputação de uma firma”. Resposta dada por Amy Vanderbilt em 1952 quando escreveu O livro completo de etiqueta de Amy Vanderbilt, (reescrito e atualizado, no fim dos anos 90, por Nancy Tuckermann e Nancy Dunnan). No livro, compara o protocolo do ambiente de trabalho aos sinais de trânsito e aos mapas rodoviários. Ouso dizer que é o GPS (Global Positioning System, ou Sistema de Posicionamento Global) corporativo, que sinaliza as normas e regras de civilidade (educação social), essenciais e indispensáveis para quem quer ter resultados positivos no trabalho e no convívio social.

       Conhecer e praticar normas de conduta que fazem parte do mundo do trabalho facilitam sua entrada e seu movimento nesse ambiente. Não importa se são ambientes formais ou informais, presenciais ou remotos. O que importa é que ao você se relacionar com as pessoas prevaleçam suas atitudes de elegância, que são perceptíveis aos outros pela naturalidade e espontaneidade com que são tratados.

         Ajuda você a ter certo controle sobre seu próprio comportamento e fornece ferramentas para que saiba e possa adequar regras e costumes a determinadas realidades, sempre levando em consideração o contexto, o jeito de ser e de pensar do outro. Se for em sentido contrário, a tendência é causar colisões que podem ser traduzidas por agressões verbais, fofocas, comunicação agressiva, intimidade e liberdade exacerbadas, por exemplo.

Trata-se de educação social, cujo desafio, atualmente, é garantir com que cada pessoa consiga observar e perceber a outra, e respeitá-la, acima de tudo, como um ser humano que tem seu jeito de agir e pensar.

Ah! Isso independe de profissão, de cargo, de função. Depende, sobretudo, da postura que você decide adotar para fazer sua caminhada como pessoa e como profissional.

 

sexta-feira, 30 de abril de 2021

Curriculum vitae: modelo simplificado para você tomar como base ao elaborar o seu

 

MODELO DE CURRICULUM VITAE

[N O M E]

 

[endereço completo]

[CEP] [Cidade/estado]            

e-mail: ______@________________                                                     

[telefone]     [e-mail]

[estado civil]

 

OBJETIVO

(Citar a área ou cargo para o qual está se candidatando.)

 

FORMAÇÃO

 (Dizer qual é a formação, sempre começando a mencionar a mais recente.)

·       Curso de Camareira ou Garçom, pelo Instituto Vida, de Blumenau (SC).

·       [Ensino Médio ou Fundamental] concluído em [ano], na Escola [nome da escola], em [cidade].


PRÁTICA ou EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

(Nome das empresas em que trabalhou, mencionando sempre a mais recente por primeiro, e resumo das atribuições e responsabilidades.)

[nome da empresa]                                      (abril 2015 até ...............)

[cargo/função]

Atribuições:................................................................................................................................................................................................................................................................

 

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

(Mencionar a participação em cursos, palestras, serviços comunitários, conhecimentos de informática, idiomas estrangeiros, qualificações, habilidades, idade, ......)

 

Blumenau, (mês) de 2021.


 

Curriculum vitae: prático, conciso e objetivo

  

A função do currículo é despertar o interesse do selecionador para chamar o candidato para a entrevista. Feito isso, durante a entrevista (que pode ser presencial ou on-line), o que conta é a postura e a atitude da pessoa frente ao selecionador ao responder as perguntas e participar das dinâmicas de grupos.

Como elaborar um bom currículo?

 No seu aspecto visual, o currículo deve ser bem elaborado esteticamente e fácil de ler, simples, conciso e objetivo. Em outras palavras, ter boa apresentação e um layout agradável. Sem erros de gramática e ortografia. Estar impresso em papel de boa qualidade (A4) se for enviado pelo correio ou entregue pessoalmente.

Ao ser enviado de forma digital, o cuidado com a gramática e a ortografia devem ser os mesmos.

Quando a empresa, por intermédio do selecionador ou da página “trabalhe conosco”, solicita que o currículo seja enviado por e-mail, recomenda-se prestar atenção na redação do e-mail, que deve ter uma linguagem profissional. Por favor não caia na tentação de querer economizar tempo e apenas anexar o currículo e enviar. É preciso escrever uma breve mensagem no e-mail, dizendo que está anexando o currículo com o objetivo de se candidatar à vaga “tal”. Preencher o campo “assunto” no e-mail é necessário.

Em linhas gerais, um currículo deve apresentar:

(1)   dados pessoais básicos como: nome, endereço completo, telefone para contato, endereço eletrônico, estado civil, idade;

(2)    objetivo: onde se deixa claro a área ou cargo para o qual está se candidatando;

(3)   Formação: dizer qual é a formação (pós graduação, curso superior, ensino médio, fundamental....) sempre começando a mencionar a mais recente;

(4)   Prática ou experiência profissional: citar o nome das empresas em que trabalhou, listando sempre a mais recente por primeiro; período de trabalho; e o resumo das atribuições e responsabilidades;

(5)   Informações adicionais: neste item recomenda-se mencionar a participação em cursos, palestras, serviços comunitários e voluntários, conhecimentos em informática, idiomas, qualificações, habilidades, ....)

         Resumindo, um currículo deve:

ü  ser prático, conciso e objetivo;

ü  fácil de ler e compreender;

ü  sem erros de gramática e ortografia;

ü  ter boa apresentação visual (layout);

ü  impresso em papel de boa qualidade (A4).

quarta-feira, 28 de abril de 2021

Perfil profissional: será que o seu perfil profissional está alinhado com o mercado de trabalho?

 

Qual é o perfil profissional que as empresas mais buscam hoje?

 

Certamente que esse perfil depende muito de ramo de atuação e exigência interna de cada organização/empresa.

Em âmbito geral, as empresas buscam profissionais que agregam valor aos negócios com seus conhecimentos e habilidades, por intermédio de suas atitudes intraempreendedoras.

O que quer dizer isso? Profissionais que - comprometidos com seu trabalho e profissão/cargo, propõem mudanças e melhorias dentro ou fora de seu escopo de trabalho, por iniciativa própria, que, se aprovados, traduzem-se em aumento de valor para o negócio.

O perfil, de maneira geral, inclui:

(1)  Flexibilidade: capacidade de se adaptar com facilidade às mudanças, de modo que a qualidade e o desempenho de seu trabalho não sejam comprometidos.

(2)  Postura proativa: pessoa que se antecipa aos problemas, sendo um fornecedor de soluções.

(3)  Organização: que saiba priorizar suas inúmeras tarefas e atividades, e consiga cumprir os prazos definidos.

(4)  Saber trabalhar em grupo: significa acima de tudo respeitar o outro, que pensa diferente, que é diferente.

(5)  Iniciativa, proatividade, posicionamento, comprometimento e interesse;

(6)  Disposição para querer ampliar suas habilidades participando de cursos e treinamentos. Disposição em aprender sempre.

(7)  Competência social: saber se relacionar com clientes internos e externos, dentro de regras de conduta e de convivência.

 


segunda-feira, 8 de março de 2021

Ah! Pertencer a tudo isso é D+


Artigo publicado na edição especial do Informativo do SindSegSC.
Você encontra na íntegra no portal em Informativos.
.
Ah, não esqueça, compartilhe com colegas e marque nos comentários as mulheres importantes em sua vida!
.





 

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Poema da Paz (de Madre Teresa de Calcutá)

 

O dia mais belo? Hoje

A coisa mais fácil? Equivocar-se

O obstáculo maior? O medo

O erro maior? Abandonar-se

A raiz de todos os males? O egoísmo

A distração mais bela? O trabalho

A pior derrota? O desalento

Os melhores professores? As crianças

A primeira necessidade? Comunicar-se

O que mais faz feliz? Ser útil aos demais

O mistério maior? A morte

O pior defeito? O mau humor

A coisa mais perigosa? A mentira

O sentimento pior? O rancor

O presente mais belo? O perdão

O mais imprescindível? O lar

A estrada mais rápida? O caminho correto

A sensação mais grata? A paz interior

O resguardo mais eficaz? O sorriso

O melhor remédio? O otimismo


A maior satisfação? O dever cumprido

A força mais potente do mundo? A fé

As pessoas mais necessárias? Os pais

A coisa mais bela de todas? O amor.


 (de Madre Teresa de Calcutá)


Pequenos gestos, pequenas atitudes: quanta diferença fazem no ambiente de trabalho

  

Pequenas e singelas atitudes fazem a diferença na maneira como conduzimos nossas relações pessoais e interpessoais nos mais diversos espaços e ambientes.

Aspectos de postura e comportamento sempre foram primordiais para que cada um pudesse fazer e dar o seu melhor, dentro do que lhe é possível, na conquista de um lugar digno para se trabalhar, se aprimorar e desenvolver aptidões e relacionamentos sadios.

Daí a relevância de se conhecer e saber aplicar normas e regras de conduta para conviver e transitar com naturalidade, autoconfiança e desenvoltura nos mais diversos e diferentes ambientes que você tenha que frequentar por conta a exigência do mundo do trabalho contemporâneo. Não importa se são ambientes formais ou informais, presenciais ou remotos (à distância).

O que importa é que ao se relacionar com as pessoas prevaleçam suas atitudes de elegância, que são perceptíveis aos outros pela naturalidade e espontaneidade com que são tratados.

Ter conhecimento de normas e regras de conduta corporativa contribui para você desenvolver e aprimorar suas habilidades sociais no relacionamento interpessoal. De que forma? Ao (re)pensar, (re)criar e adotar hábitos, gestos, atitudes e comportamentos visando uma postura mais assertiva.

Para quê? Para você perceber, absorver e reagir às situações inusitadas (e às corriqueiras também) que envolvem as atividades diárias, com mais confiança, simplicidade e naturalidade. E, também, para incrementar e (re)posicionar de maneira mais assertiva sua postura profissional (se este for seu caso).

Assim, conhecer e praticar o protocolo que rege o convívio no espaço de trabalho gera benefícios imediatos:

Ø  torna a vida e a convivência em sociedade (no trabalho, em particular) mais cordial, civilizada e harmônica;

Ø  contribui no sentido de se criar uma convivência baseada no respeito mútuo;

Ø  contribui para cada um ter condições de fazer sua parte para transformar o ambiente de trabalho em um lugar melhor, mais harmônico, mais saudável;

Ø  constitui-se em vantagem competitiva para quem sabe como agir nas mais variadas situações do cotidiano e driblar situações inusitadas do/no ambiente de trabalho por intermédio de uma postura profissional adequada e digna de credibilidade;

Ø  habilidade social determinante para viver e conviver com quem pensa diferente.