Vivências e convivências

Vivências e convivências

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

A magia do Natal

"Todo ser humano passa por turbulências em sua vida. A alguns falta o pão na mesa; a outros, a alegria na alma. Uns lutam para sobreviver. Outros são ricos e abastados, mas mendigam o pão da tranquilidade e da felicidade.
Que pão falta em sua vida?

Quando o homem explorar intensamente o pequeno átomo e o imenso espaço e disser que domina o mundo, quando conquistar as mais complexas tecnologias e disser que sabe tudo, então ele terá tempo para se voltar para dentro de si mesmo. Nesse momento descobrirá que cometeu um grande erro? Qual?

Compreenderá que dominou o mundo de fora, mas não dominou o mundo de dentro, os imensos territórios da sua alma. Descobrirá que se tornou um gigante na ciência, mas que é um frágil menino que não sabe navegar nas águas da emoção e que desconhece os segredos que tecem a colcha de retalhos da sua inteligência.

Quando isso ocorrer, algo novo acontecerá. Ele encontrará pela segunda vez a sua maior invenção: a roda. A roda? Sim, só que dessa vez será a roda da emoção. Encontrando-a, ele percorrerá territórios pouco explorados e, por fim, encontrará o que sempre procurou: o amor, o amor pela vida e pelo Autor da vida." (texto extraído do livro Você é insubstituível, de Augusto Cury)


Feliz Natal!!





terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Algo menos pragmático

Vinicius de Moraes presenteou-nos com muitos poemas que marcaram época e passagens da vida de muitos de nós.
Vamos relembrar do Soneto de Fidelidade que Vinicius teria escrito em Estoril, em outubro de 1939.

Soneto de Fidelidade

DE TUDO, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama.

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.






domingo, 16 de dezembro de 2012

Espaço para pensamentos

"Para compreender as pessoas devo escutar o que elas não estão dizendo e o que elas talvez nunca venham a dizer." (Zohn Powell)

"O mais importante da vida não é a situação em que estamos, mas a direção para a qual nos movemos."(Oliver Wendell Holmes)

"Não há nada como um sonho para criar o futuro." (Victor Hugo)

"Convém em certas ocasiões ocultar o que se traz no coração." (Molière)

"A vida é uma viagem de três estações: ação, experiência e recordação." (Julio Camargo)

"Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida." (Platão)

"O que me preocupa não é o barulho dos maus, mas sim, o silêncio dos bons." (Albert Einstein)

"Querida imaginação, o que mais me agrada em ti é nunca perdoares." (André Breton)


sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Ah se eu tivesse que fazer meu TCC.....

Frequentemente, estudantes de Secretariado Executivo enviam-me uma mensagem no correio eletrônico querendo alguma inspiração para o tema/assunto de um trabalho monográfico que precisam fazer para concluir o curso.

Na condição de "Mamãe Noel", deixo algumas dicas para você que - em 2013 - terá a tarefa desafiadora de elaborar seu trabalho de conclusão de curso. Sem obedecer a critério algum, lá vai meu brainstorming:

> O papel estratégico de quem assessora: empowerment, benchmarking, intra-empreendedorismo.

> O que será o amanhã na realidade de um profissional de secretariado?

> Uma lição de profissionalismo: nome e sobrenome de quem ecoa profissionalismo.

> A gestão da comunicação interpessoal para interagir assertivamente com equipes multiprofissionais.

> O investimento na carreira profissional versus crescimento profissional.

> A quem estamos "servindo"?

> O profissional de secretariado sob a ótica do empresariado.

> A gestão de processos e procedimentos administrativos como elemento de geração de autonomia e criação de oportunidades e novos espaços de atuação profissional.

> O lado estético de uma profissão. (considerando estética como a ciência da percepção)

> De que forma a dimensão estética influencia nos relacionamentos entre os integrantes no mundo dos negócios.

> As mudanças no papel (nos papéis) da empresa, dos executivos e dos profissionais do secretariado.

> Quais estratégicas para as Instituições de Ensino Superior divulgar o curso de Secretariado?

> Como os órgãos de classe trabalham a questão das informações e esclarecimentos sobre a profissão?

> Que reconhecimento os profissionais do secretariado querem, precisam e buscam?

> O que motiva um(a) secretário(a) a continuar na profissão?

> Qual é o seu valor como profissional de secretariado?

> Qual é o sentido da profissão?


Lembre-se sempre: 
Quem tem conhecimento, tem responsabilidade.

Sucesso!!