Vivências e convivências

Vivências e convivências

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

De quem foi a ideia?

Pergunto: Você sabe quando um homem aceitou a ideia dada por uma mulher?
Respondo: Quando ele repete exatamente o que ela falou, só que afirmando que partiu dele tal ideia, alternativa ou solução. Sem, antes, registrá-la em papel ou eletronicamente.

Pingo!!! Agora é só perceber como seu gestor reage a uma ideia/solução/alternativa sua. Calma, nada de se sentir autoagredida por esta atitude dele. A ideia não foi sua? Então, é isso que vale. Saiba que você está no comando da situação.

Continue se desafiando. Não economize ideias e nem roube de você mesma a maravilhosa oportunidade de exercitar a criatividade, a capacidade de inovação e a proatividade. No entanto, registre-a antes de socializá-la. É uma maneira elegante de se provocar uma mudança de atitude, tanto sua quanto de seu gestor. Por parte da assessoria executiva cria o hábito de registrar ideias, o que lhe confere mais credibilidade e visibilidade profissional. Por parte do gestor, faz com que passe a cultivar o hábito de dizer palavras de reconhecimento, por escrito. Uma forma do gestor sinalizar que leva em consideração o que você faz. E você se sente participativa e significativa para os negócios da empresa.

Muita inspiração para você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário