Vivências e convivências

Vivências e convivências

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

O estágio supervisionado


Muitos estudantes, nesta época do ano, estão passando por uma das mais desafiadoras experiências: a apresentação do TCC - Trabalho de Conclusão de Curso perante uma banca examinadora. O TCC pode ser resultado de um estágio supervisionado feito ao longo do semestre ou de semestres, ou resultado de um trabalho de pesquisa desenvolvido dentro das normas de cada curso e instituição.

O estágio supervisionado, independentemente de curso, é uma importante etapa para a capacitação de pessoas com competência profissional e ética. É a hora de confrontar a teoria aprendida em sala de aula e a futura profissão. Proporciona uma reflexão sobre a realidade do mundo do trabalho e, se bem conduzido, aproxima, cada vez mais, a Universidade das organizações. Talvez seja uma das raras situações em que acontece essa aproximação, apesar de ambos, Universidade e organizações, precisarem dessa aproximação para construírem e reconstruírem suas práticas e se inovarem constantemente.

O estágio supervisionado é parte integrante do curso de formação em Secretariado Executivo. É obrigatório e condicionante para a diplomação. Como articulação teoria-prática, deve contribuir efetivamente para a formação do secretário executivo, quer como sujeito, quer como profissional. É uma estratégia para a sua formaçao e uma alternativa de contextualização dos conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula, e para o desenvolvimento de sua capacidade de agir e refletir dentro da realidade profissional.

Sempre defendi que o estágio supervisionado deve acontecer ao longo da formação, para que o estudante possa reavaliá-la e se tornar mais crítico e exigente em relação aos conteúdos trabalhados em sala de aula, desencadeando um constante (re)pensar das atividades acadêmicas que compõem o currículo do curso.

O aluno-estagiário deve ser incentivado a trazer as situações que vivencia no agir profissional para dentro da sala de aula, com o intuito ded tentar minimizar o hiato entre teoria e prática. Deve ser capaz de praticar a teoria e teorizar a prática.

Na mesma direção, as Diretrizes Curriculares dos cursos de Secretariado Executivo estabelece que o estágio supervisionado deve servir de "mapeamento" da realidade profissional, aproximando os conhecimentos acadêmicos das práticas de mercado. Ou melhor, que integre o saber acadêmico com as reais demandas da prática profissional., criando oportunidades para o aluno-estagiário conhecer as organizações e saber como funcionam.

Também deve procurar servir como meio de reconhecimento das atividades de pesquisa e docência, possibilitando ao aluno-estagiário identificar-se com novas áreas de atuação, de froma a estimulá-lo pela atividade de docência - aprender a ensinar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário