Vivências e convivências

Vivências e convivências

terça-feira, 25 de maio de 2010

Comportamento profissional: o "X" da questão

Assistir aos jogos da seleção brasileira na empresa: um momento de descontração, porém também de euforia, ansiedade, nervosismo. Onde fica o tal do comportamento profissional?
Num primeiro é importante dizer que não se tem regras de conduta pré-estabelecidas e já escritas para este tipo de situação. O que se tem, e se procura praticar e respeitar, é um protocolo do ambiente de trabalho, pautado em normas de conduta e boas maneiras que são baseadas no interesse e na consideração que cada integrante da empresa deve demonstrar por seus colegas de trabalho. Bem como dos cuidados que cada um deve ter para não prejudicar a reputação da empresa em função de um comportamento contrário às normas de relacionamento e convivência.

No caso específico de se assistir aos jogos da seleção brasileira com os colegas de trabalho, no ambiente de trabalho, estas regras habituais devem ser levadas em consideração. E acima de tudo o bom senso deve prevalecer para que o convívio harmonioso no trabalho não seja prejudicado depois do jogo por uma atitude insensata na hora de torcer e vibrar, e principalmente na hora em que nem tudo dá certo no campo para a seleção brasileira.

É importante que todas as pessoas da empresa mantenham um comportamento profissional, afinal de contas estão assistindo ao jogo na empresa. Nada de achar e fazer de conta que estão em casa. Não é o momento de deixar certa formalidade de lado e procurar ser “eu mesmo”, acreditando que está entre amigos íntimos e aí pode tudo. A empresa continua e sempre será um espaço profissional e como tal merece respeito. O tratamento cordial e convivencial entre os funcionários não pode ser diferenciado daquele que é usual no cotidiano da empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário