Vivências e convivências

Vivências e convivências

terça-feira, 18 de maio de 2010

Gravatas: passos para fazer um nó perfeito

Dúvidas frequentes

Existem certas tarefas que alguns homens sentem-se pouco confortáveis: uma delas é dar nó em gravata. Além de dar nó você sabe como combinar a sua gravata? Calma que para tudo na vida tem solução!

Acessório usado há mais ou menos 200 anos, as gravatas podem sinalizar sua personalidade. Então, se você ainda usa aquela mesma gravata desde de mil novecentos e bolinha, repense seus conceitos. Mude a cor, a estampa; enfim, troque a gravata! Pois lembre-se que a roupa expressa seu estado de espírito.

Respondemos aqui as principais dúvidas no uso deste acessório.

Onde termina a gravata?
Ela deve sempre cobrir a fivela do seu cinto e parar por aí, independente da altura da pessoa.

Aqueles modelos com desenhos de personagens são legais para usar no dia-a-dia?
Na verdade, não são bons nem para usar no dia de São Nunca. Use modelos texturizados, lisos, com listras diagonais e com padrões geométricos discretos. Se você é um publicitário modernoso, pode usar um modelinho mais ousado, mas seja criativo nas cores. As chances de passar vergonha são menores!!
Gravata pode ser de qualquer tecido?
Antes de escolher cor, largura e estampa verifique na etiqueta qual a composição do produto. Deve ser 100% lã ou 100% seda. Ser composta com mais algum outro fio é possível, mas não são as melhores.

Existem manchas que podem comprometer a gravata definitivamente?
Manchas de gordura, cremes e molhos levam a gravata diretamente para o lixo. Tome muito cuidado!

Deixar a gravata guardada com o nó feito pode facilitar a vida?
Se dar nó em gravatas não é a sua especialidade, entendemos; mas não faça o nó hoje para usar a gravata amanhã com a intenção de evitar transtornos. Seus problemas só aumentarão, pois terá que desfazer o nó para passar a gravata e fazê-lo novamente.

Como passar gravatas?
Se isso for necessário regule o ferro elétrico de acordo com o tecido da gravata. Coloque um papel ou cartolina por dentro da gravata para que ela fique bem esticada e as costuras não fiquem marcadas. Estire a gravata sobre a tábua de passar roupas e passe o ferro num único sentido.

Passos para fazer um nó perfeito:

Passo 1: Deixe a ponta larga estendida muito mais abaixo e para o lado direito. Vire a ponta larga com a mão direita sobre a ponta mais estreita, que deve estar fixa pela sua mão esquerda.

Passo 2: Vire a seguir a ponta mais larga da esquerda para a direita, por baixo da ponta estreita. Puxe-a então, por cima do nó, em direção ao corpo pelo nó.

Passo 3: A ponta mais larga tem que estar agora virada com a parte interior para cima e estendida para baixo do lado direito.

Passo 4: Segure o lado mais largo e vire-o para a esquerda à volta do meio nó.

Passo 5: Depois passe com a mão esquerda a ponta mais larga da gravata pelo reverso do nó debaixo pelo laço à volta do pescoço.

Passo 6: Agora puxe a ponta mais larga para a frente sobre o nó, meio acabado, e deixe-a estendida.

Passo 7: Introduza a ponta do lado mais largo pelo nó debaixo da sua parte exterior.

Passo 8: Puxe a ponta larga inteiramente para baixo e posicione o nó cuidadosamente, segurando-o com cautela nas mãos e puxando pela parte mais estreita.

Passo 9: A ponta mais larga deverá estar agora mais longa do que a ponta estreita. Se não for o caso, deverá fazer o nó de novo ou introduzir a ponta estreita no cós das calças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário