Vivências e convivências

Vivências e convivências

terça-feira, 30 de agosto de 2011

O melhor possível




De vez em quando adoro rever e reler alguns dos meus milhares papéis arquivados. São reportagens, notícias a respeito do secretariado, artigos que tratam de normas e regras de etiqueta, e por aí vai. Mas, tem uma pasta em especial que amo abrir e parar para ler. É a pasta que contém inúmeras poesias, bilhetes, mensagens que recebi de alunas e pessoas que me querem bem.
Hoje, cedinho, um dia com chuvas intensas, trovoadas constantes, aqui em Blumenau, decidi pegar a pasta e reler as mensagens.
Como tudo depende de nosso estado emocional, hoje tocou-me profundamente a mensagem que recebi em 2 de dezembro de 1975 (sim, 1975, não errei na data não....) de minha então professora Silda. E com uma imensa saudade de um tempo maravilhoso de menina moça de colegial, transcrevo-a para você.


“Se você não puder ser um pinheiro no cume da montanha, seja uma erva no vale – mas seja! A melhor ervazinha à beira do riacho.
Seja um arbusto, se não puder ser árvore!
Não podemos todos ser capitães, temos que ser exército.
Para todos há na terra alguma coisa.
Há muito trabalho a fazer e poucos trabalhadores.
A tarefa a escolher é a mais próxima.
Se você não puder ser a estrada real,
seja então um atalho!
Não podendo ser sol, seja uma estrela!
Em grandeza, não é que se ganha ou se perde.
Seja o melhor possível, aquilo que você é!

(Autor: D. Malloch)
Uma mensagem para você Eliane
com um abraço da professora Silda
Blumenau, 2/12/1975.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário